Estudo morfológico foliar de Spiranthera odoratissima A. St. Hillaire (Rutaceae)

  • Antonio Carlos Pereira de Menezes Filho Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano-IF Goiano
Palavras-chave: Aréolas, Nervuras, Diafanização foliar, Arquitetura foliar, Gênero Spiranthera

Resumo

Spiranthera odoratissima é uma espécie arbustiva encontrada no domínio Cerrado, nas fitofisionomias Cerrado ralo, rupestre e de transição para cerradão. Ainda se trata de uma espécie pouco estuda morfologicamente. O estudo tem por objetivo avaliar a morfologia foliar de S. odoratissima. As folhas de S. odoratissima foram coletadas em uma área de Cerrado no município de Caiapônia, estado de Goiás, Brasil. As folhas sadias e sem ataque de insetos e herbívoros, foram inicialmente tratadas para a retirada dos pigmentos clorofilianos e ceras, e em seguida foram clarificadas e diafanizadas utilizando os corantes azul de toluidina, safranina e fucsina básica fenólica. Após a diafanização, as folhas foram escaneadas e em seguida micrografadas para observação da morfologia foliar. Os corantes avaliados na diafanização apresentaram bons resultados para diferenciação e nitidez das estruturas morfológicas. O limbo foliar é do tipo cartáceo, concolor e apresenta apenas uma nervura 1ª, entre 12-16 nervuras 2ª, nervuras 3ª e de 4ª ordem, o padrão de nervuras é broquidódroma, com aréolas completas, tricomas tectores, tipo de estômato anomocítico, observados apenas na face abaxial foliar, os F.E.V.S apresentam 2-3 bifurcações, as células epidérmicas em ambas as faces com paredes anticlinais sinuosas. As caraterísticas morfológicas descritas neste estudo para S. odoratissima constituirá importantes dados taxonômicos para a correta identificação desta espécie que apresenta inúmeras atividades fitoquímicas, bem como garantir a preservação do Táxon, no entendimento da ecologia, genética, fenologia e para a área farmacológica em futuros trabalhos.
Publicado
16-12-2020
Como Citar
Filho, A. C. (2020). Estudo morfológico foliar de Spiranthera odoratissima A. St. Hillaire (Rutaceae). Revista Arquivos Científicos (IMMES), 3(2), 155-161. Recuperado de http://arqcientificosimmes.emnuvens.com.br/abi/article/view/484
Seção
Artigos originais