FOCO E ESCOPO

ARQUIVOS CIENTÍFICOS (IMMES) é uma publicação do Instituto Macapaense do Melhor Ensino Superior - IMMES, na área Interdisciplinar, aceitando submissões de artigos que tratam sobre a Saúde, Administração, Educação, Meio Ambiente, entre outros; em todas as suas subáreas.  Tem o objetivo de publicar produções científicas de pesquisadores e professores de Instituições de Ensino e Pesquisa do Brasil e do exterior, sendo um periódico semestral. Os procedimentos de análise e apreciação dos artigos são realizados com o anonimato dos autores dos respectivos trabalhos e pareceristas. O prazo de recebimento das contribuições de artigos é com fluxo contínuo. 

 

PROCESSO DE AVALIAÇÃO DOS PARES

Os manuscritos serão revisados em avaliação cega de autores e de pareceristas. Os artigos só serão aceitos se obtiverem dois pareceres favoráveis e rejeitados quando dois pareceres forem desfavoráveis. No caso de um parecer favorável e um desfavorável, a decisão sobre a publicação será do conselho editorial.

 

PERIODICIDADE

ARQUIVOS CIENTÍFICOS (IMMES) é uma publicação semestral

 

POLÍTICA DE ACESSO LIVRE

Esta revista oferece acesso livre do seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Sem taxas de submissão de artigos - Não são cobradas taxas dos autores referentes à submissão de artigos.

Sem taxas de processamento de artigos - Não são cobradas taxas dos autores referentes ao processamento de artigo.

 

ASPECTOS ÉTICOS DA PESQUISA

Tratando-se de atividades de pesquisa que envolva experimentação com seres humanos e animais, o/s autor/es deve(m) observar as exigências da Resolução nº 196, de 20 de dezembro de 1995, do Conselho Nacional de Saúde, sendo necessário comunicar na metodologia do trabalho o parecer do Comitê de Ética em Pesquisa da(s) instiuição(ões) envolvida(s), bem como que os sujeitos assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido.

Quando envolver produtos transgênicos, o Certificado de Biossegurança deverá ser comunicado na metodologia do trabalho, conforme Decreto Federal nº 1.752, de 20 de dezembro de 1995.

Se comprovado plágio em qualquer trabalho publicado, o INSTITUTO MACAPAENSE DO MELHOR ENSINO SUPERIOR isenta-se de qualquer responsabilidade, devendo o/s autor/es arcar(em) com todas as penalidades previstas em lei.

A aprovação do trabalho implica automaticamente a cessão dos direitos autorais relativos ao trabalho.

 

ÉTICA DE PUBLICAÇÃO

A revista acadêmica segue as diretrizes do Código de Conduta e Boas Práticas do COPE (Committee on Publication Ethics) e as submissões devem atender a essas diretrizes

 

DIRETRIZES PARA AUTORES

ARQUIVOS CIENTÍFICOS (IMMES) é publicada semestralmente pela Comissão de Científica do Instituto Macapaense do Melhor Ensino Superior - IMMES.

  1. A revista publica artigos em várias áreas do conhecimento, nas seções Artigos originais, Artigos de revisão de literatura e Relatos de experiência/caso.
  2. Só podem ser submetidos trabalhos originais e inéditos, e que os mesmos não estão sendo submetidos à análise para publicação em outra revista, em parte ou no todo, não podendo ser submetido para publicação em outras revistas enquanto perdurar o processo editorial nesta.
  3. Os autores se obrigam a aceitar a cessão de direitos autorais.

     Os trabalhos deverão ser digitados em Programa Word for Windows, em formatação, no máximo, 25 páginas, digitadas em papel tamanho A4, com letra Times New Roman, tamanho 12, com espaçamento entre linhas simples, margens de 3,0 cm (três centímetros), e observando a seguinte seqüência de tópicos:

    I - Título do artigo em português e na língua estrangeira (inglês ou francês). No caso do artigo ser em língua estrangeira os títulos deverão ser na língua estrangeira escrita e em português.

    II - Nome(s) completo(s) do(s) autor(es), bem como titulação, filiações, endereços e e-mails; indicando o autor para correspondência e respectivo e-mail.

    III - Resumo. Para artigos escritos em português, resumo em português e abstract em inglês ou francês; quando escritos em espanhol, resumo em espanhol e português; quando escritos em francês, resumo em francês e português. Os resumos devem ser redigidos em parágrafo único, espaço simples, com até 250 palavras; contendo objetivos, material e métodos, resultados e conclusões do referido trabalho.

    IV - Palavras chaves ou Unitermos constituídos de até 5 palavras chaves que identifiquem o artigo.

    V - Estrutura do Texto no formato técnico-científico, com introdução,material e métodos, resultados, discussão, conclusão, agradecimentos, referências bibliográficas e anexos (se houver). A critério do autor, os itens Introdução e Objetivos, bem como Resultados e Discussão poderão ser fundidos. Trabalhos enviados como Revisões Temáticas deverão seguir o formato técnico-científico, sem, entretanto, a necessidade de divisão em itens descrita acima. As citações bibliográficas deverão estar no formato de acordo com o sistema autor-data da NB NBR 10520 da ABNT; disponível no site da própria revista.

    VI - Referências bibliográficas regidas de acordo com a NBR 6023 da ABNT.

  4. Os artigos submetidos deverão ter entre 10 a 20 páginas digitadas (exceto relato de caso), incluindo figuras, tabelas e referências bibliográficas (listadas somente aquelas citadas no texto). Dever-se-á deixar uma linha em branco entre os títulos e subtítulos e os textos que os sucedem ou precedem. Nas citações diretas, deve haver uma linha em branco antes e depois dos textos que as precedem e sucedem. Nas ilustrações deve haver uma linha em branco entre elas e os textos que as precedem e sucedem. Não pode haver linhas em branco entre os parágrafos dos textos com o objetivo de aumentar a quantidade de páginas. O trabalho deverá ser editado no MS-Word, ou compatível, utilizando fonte Times New Roman,tamanho 12. Os relatos de caso devem ser concisos, com o menor número possível de abreviaturas, definidas a partir da sua primeira utilização e limitadas aos termos mencionados repetitivamente, desde que não alterem o entendimento do texto. Este não deve exceder a 6 páginas incluindo o resumo e abstract não estruturados, a 15 referências e a seis ilustrações. O número de autores não deve ser maior que seis.
  5.  O trabalho deverá ser formatado em A4, com margens superior e esquerda com 3,0 cm e a inferior e a direita deverão ter 2,0 cm.
  6. O arquivo contendo o trabalho que deverá ser anexado (transferido), durante a submissão, não poderá ultrapassar o tamanho de 2MB, bem como, não poderá conter qualquer tipo de identificação de autoria, inclusive na opção propriedades do Word. Caso haja problemas na transferência do manuscrito, deve-se comunicar ao Suporte Técnico da revista para auxílio.
  7. Ilustrações: tabelas, figuras, gráficos, desenhos, esquemas, fluxogramas, fotografias, organogramas, mapas, plantas, quadros, retratos e outras ilustrações deverão ter os títulos na parte superior, numerados sequencialmente conforme a categoria, escritos no idioma do artigo. Embaixo das ilustrações deverá constar a fonte e, se houver, notas. Deverão ser inseridas no texto, logo após a sua citação e o mais próximo possível do trecho a que se refere.
  8. As ilustrações (tabelas, figuras, gráficos, desenhos, esquemas, fluxogramas, fotografias, organogramas, mapas, plantas, quadros e retratos) deverão ter preferencialmente 7,5 cm de largura, e não deverão ultrapassar a altura máxima de 16 cm.
  9. As figuras digitalizadas deverão ter 300 dpi de resolução e preferencialmente gravadas no formato jpeg ou jpg.
  10. Abreviações podem ser utilizadas, devendo ser precedidas de seu significado por extenso na primeira menção.
  11. As citações deverão seguir os exemplos seguintes que se baseiam na ABNT, no sistema AUTOR-DATA. Nas citações diretas, é obrigatório informar o autor, ano e página: Silva-Júnior (2015, p. 10) ou (SILVA-JÚNIOR, 2015, p. 10). Para o caso de citações indiretas no texto, usar apenas o sobrenome e ano: Santos (2014) ou (SANTOS, 2014); para dois autores: Silva-Júnior e Santos (2016) ou (SILVA-JÚNIOR; SANTOS, 2016); para três autores: Silva-Júnior, Souza e Santos (2015) ou (SILVA-JÚNIOR; SOUZA; SANTOS, 2015); mais de três autores, utilizar o primeiro e após et al.: Silva-Júnior et al. (2015) ou (SILVA-JÚNIOR et al., 2015).

 

MODELOS DE REFERÊNCIAS

 Deverão ser organizadas em ordem alfabética, justificado, conforme os exemplos seguintes que se baseiam na ABNT (NBR 6023). Listar todos os autores do trabalho. Os títulos dos periódicos deverão ser completos e não abreviados.

Exemplos:

Monografia no todo
Inclui livro e/ou folheto (manual, guia, catálogo, enciclopédia, dicionário etc.) e trabalhos acadêmicos (teses, dissertações, entre outros). Os elementos essenciais são: autor(es), título, edição, local, editora e data de publicação.
Exemplo: GOMES, L. G. F. F. Novela e sociedade no Brasil. Niterói: EdUFF, 1998.

 

Monografia no todo em meio eletrônico
Inclui os mesmos tipos indicados no ítem anterior, em meio eletrônico (disquetes, CD-ROM, online etc.). As referências devem obedecer aos padrões indicados para os documentos monográficos no todo, acrescidas das informações relativas à descrição física do meio eletrônico.
Exemplo: KOOGAN, A.; HOUAISS, A. (Ed.). Enciclopédia e dicionário digital 98. Direção geral de André Koogan Breikmam. São Paulo: Delta: Estadão, 1998. 5 CD-ROM.

 

Parte de monografia
Inclui capítulo, volume, fragmento e outras partes de uma obra, com autor(es) e/ou título próprios. Os elementos essenciais são: autor(es), título da parte, seguidos da expressão “In:”, e da referência completa da monografia no todo. No final da referência, deve-se informar a paginação ou outra forma de individualizar a parte referenciada.
Exemplos: ROMANO, G. Imagens da juventude na era moderna. In: LEVI, G.; SCHMIDT, J. (Org.). História dos jovens 2. São Paulo: Companhia das Letras, 1996. p. 7-16.

 

Artigo e/ou matéria de revista, boletim etc.
Inclui partes de publicações periódicas (volumes, fascículos, números especiais e suplementos, com título próprio), comunicações, editorial, entrevistas, recensões, reportagens, resenhas e outros. Os elementos essenciais são: autor(es), título da parte, artigo ou matéria, título da publicação, local de publicação, numeração correspondente ao volume e/ou ano, fascículo ou número, paginação inicial e final, quando se tratar de artigo ou matéria, data ou intervalo de publicação e particularidades que identificam a parte (se houver).

Exemplos: AS 500 maiores empresas do Brasil. Conjuntura Econômica, Rio de Janeiro, v. 38, n. 9, set. 1984. Edição especial.
                   MÃO-DE-OBRA e previdência. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, Rio de Janeiro; v. 7, 1983. Suplemento.
                   COSTA, V. R. À margem da lei. Em Pauta, Rio de Janeiro, n. 12, p.131-148, 1998.
                   GURGEL, C. Reforma do Estado e segurança pública. Política e Administração, Rio de Janeiro, v. 3, n. 2, p. 15-21, set. 1997.
                   TOURINHO NETO, F. C. Dano ambiental. Consulex, Brasília, DF, ano 1, n. 1, p. 18-23, fev. 1997.
                   MANSILLA, H. C. F. La controversia entre universalismo y particularismo en la filosofia de la cultura. Revista Latinoamericana de Filosofia, Buenos Aires, v. 24, n. 2, primavera 1998.
                   SEKEFF, Gisela. O emprego dos sonhos. Domingo, Rio de Janeiro, ano 26, n. 1344, p. 30-36, 3 fev. 2002.

 

Artigo e/ou matéria de revista, boletim etc. em meio eletrônico
As referências devem obedecer aos padrões indicados para artigo e/ou matéria de revista, boletim etc., de acordo com 7.5.3, acrescidas das informações relativas à descrição física do meio eletrônico (disquetes, CD-ROM, online etc.).
Exemplos: VIEIRA, C. L.; LOPES, M. A queda do cometa. Neo Interativa, Rio de Janeiro, n. 2, inverno 1994. 1 CD-ROM.
               SILVA, M. M. L. Crimes da era digital. .Net, Rio de Janeiro, nov. 1998. Seção Ponto de Vista. Disponível em: <http://www.brazilnet.com.br/contexts/brasilrevistas.htm>. Acesso em: 28 nov. 1998.

 

Trabalho apresentado em evento
Inclui trabalhos apresentados em evento (parte do evento).Elementos essenciais: Os elementos essenciais são: autor(es), título do trabalho apresentado, seguido da expressão In:, nome do evento, numeração do evento (se houver), ano e local (cidade) de realização, título do documento (anais, atas, tópico temático etc.), local, editora, data de publicação e página inicial e final da parte referenciada.
Exemplos: BRAYNER, A. R. A.; MEDEIROS, C. B. Incorporação do tempo em SGBD orientado a objetos. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE BANCO DE DADOS, 9., 1994, São Paulo. Anais... São Paulo: USP, 1994. p. 16-29.

 

Trabalho apresentado em evento em meio eletrônico
As referências devem obedecer aos padrões indicados para trabalhos apresentados em evento, de acordo com o ítem anterior e acrescidas das informações relativas à descrição física do meio eletrônico (disquetes, CD-ROM, online etc.).
Exemplos: GUNCHO, M. R. A educação à distância e a biblioteca universitária. In: SEMINÁRIO DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS, 10., 1998, Fortaleza. Anais... Fortaleza: Tec Treina, 1998. 1 CD-ROM.
                   SILVA, R. N.; OLIVEIRA, R. Os limites pedagógicos do paradigma da qualidade total na educação. In: CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFPe, 4., 1996, Recife. Anais eletrônicos... Recife: UFPe, 1996. Disponível em: <http://www. propesq. ufpe.br/anais/anais/educ/ce04.htm>. Acesso em: 21 jan. 1997.

 

Legislação
Compreende a Constituição, as emendas constitucionais e os textos legais infraconstitucionais (lei complementar e ordinária, medida provisória, decreto em todas as suas formas, resolução do Senado Federal) e normas emanadas das entidades públicas e privadas (ato normativo, portaria, resolução, ordem de serviço, instrução normativa, comunicado, aviso, circular, decisão administrativa, entre outros). Os elementos essenciais são: jurisdição (ou cabeçalho da entidade, no caso de se tratar de normas), título, numeração, data e dados da publicação. No caso de Constituições e suas emendas, entre o nome da jurisdição e o título, acrescenta-se a palavra Constituição, seguida do ano de promulgação, entre parênteses.
Exemplos: SÃO PAULO (Estado). Decreto no 42.822, de 20 de janeiro de 1998. Lex: coletânea de legislação e jurisprudência, São Paulo, v. 62, n. 3, p. 217-220, 1998.
                  BRASIL. Medida provisória no 1.569-9, de 11 de dezembro de 1997. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 14 dez. 1997. Seção 1, p. 29514.
                    BRASIL. Decreto-lei no 5.452, de 1 de maio de 1943. Lex: coletânea de legislação: edição federal, São Paulo, v. 7, 1943. Suplemento.
                    BRASIL. Código civil. 46. ed. São Paulo: Saraiva, 1995.